notícias voltar

Voce sabe o que é LGPD

Quem pensa que internet é terra de ninguém está muito enganado! A Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais é a lei nº 13.709, aprovada em agosto de 2018, é responsável pela garantia de que os seus dados compartilhados sejam seguros.

Você sabe o que significa a sigla LGPD? Explicamos para você!
Quem pensa que internet é terra de ninguém está muito enganado! A Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais é a lei nº 13.709, aprovada em agosto de 2018, é responsável pela garantia de que os seus dados compartilhados sejam seguros.

Para começar a explicar qual a importância da vigência dessa lei, precisamos ter algumas informações. Primeiramente, nossos dados pessoais são o que possibilita o acesso à nossa identidade, são eles: o CPF, RG, CNH, passaporte, endereços eletrônicos, IPs e e-mails. A proteção desses dados é importante para manter nossa integridade e segurança ao navegarmos pela internet.

Com o advento da internet a necessidade de uma regulamentação para a proteção de dados se tornou ainda mais necessária, por isso a lei vinha sido discutida desde 2012 por países europeus, mas só em 2016 foi aprovada pelo parlamento, garantindo maior controle da utilização de dados fornecidos pelos internautas. Após a aprovação na Europa era questão de tempo até outros países acatarem as medidas de segurança recomendadas. A Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) é a regulamentação determinada no Brasil, baseada na lei europeia, que já é aplicada em 120 países e dá aos usuários de sites que utilizam dessas informações o poder de concordar ou não com a utilização de seus dados, sejam eles pessoais ou sensíveis.

O objetivo da Lei é multar empresas que não sigam as normas estipuladas, eliminando as letras miúdas e entrelinhas, tornando explícito o objetivo e interesse dos sites ao captarem os dados. A lei não valerá apenas para o mundo virtual, mas para qualquer coleta de dados. Pode ser em visitas a monumentos históricos, museus, prédios, clínicas, hospitais... qualquer estabelecimento deve cumprir o compromisso de manter seus dados em segurança. Caso haja o descumprimento da lei o estabelecimento deve ser multado entre 2% do faturamento da empresa e 50 milhões de reais. Com a lei em vigor, a segurança desses dados se torna obrigatória por parte das empresas que os detém. Toda empresa que coletar informações pessoais de seus clientes deve adequar-se à LGPD. A vigoração da lei implica que o titular dos dados pode solicitar acesso aos dados informados, exclusão e até revogação de consentimento que havia sido concedido.

Sua empresa está preparada para seguir as determinações da Lei Geral de Proteção de Dados?

  • fonte

    Neoconsig


  • tags

    Neoconsig


  • compartilhar

    Icone linkedin Icone facebook Icone twitter Icone email