Setor público está otimista com governo Bolsonaro, afirma especialista

20/02/2019 - Expectativa é que aumento da arrecadação da União reflita nas contas de Estados e municípios

O combate à corrupção foi uma das principais promessas do presidente Jair Bolsonaro (PSL) durante a campanha do ano passado. Logo após a eleição, o mercado financeiro demonstrou novo ânimo no País. No setor público, Estados e municípios endividados esperam contrapartida para solução da situação financeira.

De acordo com o professor do MBA em Administração e Contabilidade Pública do Instituto de Pós-Graduação (Ipog), Cezar Volnei Mauss, a expectativa de aumento na arrecadação da União anima Estados e municípios, que esperam receber mais apoio do governo federal. “Uma vez que a União consiga resolver os próprios problemas financeiros, a possibilidade de os prefeitos e governadores terem acesso a mais verbas é maior”, explica o especialista.

O problema, diz Cezar, é que o País precisa se recuperar de pelo menos quatro anos de grave crise financeira. Então, chegar à estabilidade deve levar tempo. “O início ainda vai ser de pouca arrecadação e não é possível diminuir custos fixos. Mesmo assim, diversos setores estão otimistas com os próximos anos”, afirma. De acordo com o especialista, a proposta de diminuir a estabilidade dos concursados, por exemplo, dificilmente passará pelo Congresso Nacional. “É uma medida pouco popular”, avalia.

Para o servidor público, o crédito consignado deve seguir como um dos principais benefícios. Na modalidade, a partir da contratação, os valores são descontados direto na folha de pagamento do funcionário público. “Os bancos gostam por causa da estabilidade. As instituições financeiras emprestam com a certeza de que vão receber. Por isso, os prazos são mais atrativos e as taxas são menores”, explica Cezar.

Nas prefeituras de São Luís, Maceió e Governador Valadares e dos Estados de Goiás e do Rio Grande do Norte, os servidores têm acesso às melhores condições do mercado, por meio da gestão da Neoconsig. A empresa tem mais de 10 anos de experiência na área e oferece aos servidores a Use Mais, central de atendimento exclusiva, onde o funcionário público tem acesso a aconselhamento financeiro, acompanhamento da margem consignável e contratação de novos empréstimos, clube de descontos e muito mais.

  •  Fonte : http://www.expresso360.com.br/setor-publico-esta-otimista-com-governo-bolsonaro-afirma-especialista/
     NEOCONSIG